Boarduino - minha versão

Eu estava precisando rodar o arduino em uma protoboard para testes, o problema era ter que usar jumpers aos montes para fazer tudo funcionar corretamente, foi ai que tive a ideia de comprar uma placa boarduino, olhei na internet e pensei "isso eu consigo fazer!", pesquisei o esquema da placa, juntei as peças que eu tinha e montei a minha, demorei cerca de 2 horas e meia para reunir as peças, montar e testar. 
Foto da placa perfurada depois de cortada e furada para o conector DC:
 
Foto da minha boarduino montada:
Minha versão possui mais pinos que a versão da Adafruit, mas é porque eu preciso deles para meus projetos. Na imagem é possivel ver o circuito de regulagem de tensão, os LEDs (1 para indicar que está ligado, o outro pino 13). Os pinos fêmea da parte superior da imagem servem para conectar o conversor USB TTL para poder programar o microcontrolador através da porta USB do notebook.
Como a versão da Adafruit, a minha também pode ser alimentada tanto pela USB como por fonte externa, basta selecionar o jumper que fiz. A imagem a seguir mostra o jumper e os pinos onde ele pode ser conectado para a alimentação:
O jumper é conectado ao pinos machos que existem logo após o conector para fonte externa. O conversor USB TTL que utilizo para programar na USB comprei no site Webtronico: http://webtronico.com/produtos/viewSubCategoria/22 e pode ser visto na imagem a baixo:
E na foto a baixo tenho ele conectado a minha boarduino:
É o que estou utilizando para fazer os testes com os circuitos do robô explorador, pois vários circuitos estão em protoboard ainda. No próximo post vou mostrar como conectar o conversor USB TTL no computador e fazer o upload de códigos para o arduino.
Até mais.

0 comentários: