Robô explorador - Atualizações

Já estava devendo outra postagem sobre o robô explorador visto que a meta é uma postagem a cada 15 ou 20 dias, hoje é apenas para noticiar como está o andamento do projeto, algumas noticias boas, outras nem tanto.
Estou tendo um pouco de problemas com o controle remoto já que eu estou montando do zero o meu com todas as funções que desejo (bem personalizado, não acha?!) em especial na transmissão e recepção dos dados, a programação está ok, o desafio esta sendo o módulo receptor funcionar corretamente, estou tendo problemas de interferência. 
O módulo receptor está recebendo sinal mesmo o transmissor estando desligado (sei disso pois coloquei um LED no emissor e no receptor, sempre que há transmissão de dados os LEDs piscam), algumas vezes ele toma decisões próprias (meio dificil de entender isso!!..) pois o cooler da ponte H desliga sozinho sem eu ter enviado o comando para tal função (e ainda não adicionei o código de desligamento automático em razão da temperatura). 
Comprei este conjunto de transmissor e receptor, e a principio estou ligando diretamente no TX e RX de 2 Atmega328 segundo esse tutorial, acho que vou ter que recomeçar do zero essa parte e ver se errei alguma coisa no meio do caminho..
Outra novidade é no circuito acionador da ponte H, na postagem sobre ele você pode ver a "gambiarra" para arrumar o fio no padrão Futaba, dando uma pesquisada no Mercado Livre encontrei o tal fio neste anuncio, assim que chegou a mercadoria fiz a alteração, ficou muito melhor e mais bem acabado.
Já montei também o circuito acionador do sistema de iluminação, é muito semelhante ao do cooler, apenas com mais saídas para todos os LEDs, só estou esperando os LEDs brancos de alto brilho chegar para  finalizar o sistema, aí já posto aqui o resultado.
O último circuito a ser testado será o do acionamento dos canhões de pólvora, sei que o robô tem nome de explorador, mas, e se em uma "exploração" ele encontra um inimigo? hehehe O canhão a principio irá disparar uma mini lança de madeira em chamas com uns 45º em relação ao solo, então a distância máxima alcançada pelo projetil irá depender da sua velocidade, que por sua vez depende da quantidade de pólvora no momento do disparo (sim, essa parte é um pouco mais complicada), mas no momento que eu estiver montando esse circuito faço uma postagem mais detalhada sobre ele.
Falta ainda uma postagem do chassi do robô e do sistema de locomoção, assim que estiver mais bem alinhado e testado escrevo a postagem aqui, a pintura do robô é o de menos pois já tenho as tintas, o pior será conseguir um verniz para dar acabamento, pois o frete é que me mata.. :(
Por hoje é isso, assim que possuir atualizações do robô coloco aqui, até mais.

0 comentários: