O Bluetooth

Bom, hoje a postagem é para você conhecer um pouco mais a tecnologia bluetooth, uma tecnologia cada vez mais comum em nosso dia-a-dia. 
Primeiro, vamos a origem do nome:
Harald "Bluetooth" Gormsson (ou Haraldr blátǫnn Gormsson em língua Nórdica Antiga, falada até por volta do ano 1300 D.C) era um monarca Viking, que no século X unificou a Dinamarca e a Noruega, o rei era apaixonado por uma fruta chamada mirtilo (blueberry), fruta azulada e muito comum em regiões frias e por comer tanto essa fruta seus dentes ficavam freqüentemente azulados.
O nome de Bluetooth é sinônimo de unificação nos países Nórdicos da Europa, como a precursora no desenvolvimento desta tecnologia foi a empresa Sueca Ericsson, a empresa resolveu homenagear o lendário Rei Viking Harald Bluetooth.
A tecnologia Bluetooth começou em um projeto da Ericsson, em 1994, com o objetivo de desenvolver um novo jeito para que seus telefones celulares se comunicassem sem fio com outros acessórios, como um headset.
Partindo destas pesquisas iniciais da Ericsson, em 1998 uniram-se a ela as empresas: Nokia, IBM, Intel e Toshiba, formando o consórcio denominado Bluetooth SIG (Special Interest Group) com o objetivo de expandir o conceito de Bluetooth e estabelecê-lo como um novo padrão industrial. 
O logotipo do Bluetooth é a união das runas nórdicas (Hagall) e (Berkanan) correspondentes às letras H e B no alfabeto latino.
A Tecnologia:
O Bluetooth é um padrão de comunicação entre dispositivos de diferentes tipos a curta distância, de baixo consumo de energia (2,5 mW para conexões até 10 metros) que permite a transmissão de dados entre dispositivos compatíveis com a tecnologia.
Os dispositivos Bluetooth são divididos em três categorias de potência e alcance, como mostrado na tabela a seguir:
Classe
Potência
Alcance
1
100 mW
100m
2
2,5 mW
10m
3
1 mW
1m
Isso significa que um dispositivo classe 3 pode se comunicar com outro apenas se a distância for inferior a 1 metro, o que já é suficiente para fones de ouvido em celulares. Dispositivos de classes diferentes também podem se conectar sem problemas, basta respeitar o limite daquele que possui alcance menor.
Uma rede formada por dispositivos Bluetooth é chamada de piconet e é composta por um dispositivo central (master) e até 7 dispositivos subordinados (slaves), é possível adicionar até 255, mas você pode utilizar no máximo 7 de cada vez.
Um celular pode operar em modo master ou slave, master quando você utiliza um teclado Bluetooth para escrever nele ou um fone de ouvido para escutar música, e slave quando um computador o acessa. Já teclados e mouses são dispositivos que operam apenas em modo slave.
Por utilizar a faixa dos 2.4GHz que é a mesma das redes Wi-Fi, o Bluetooth utiliza 79 canais diferentes, onde cada um ocupa uma faixa de freqüência de 1MHz, além de alternar entre eles a uma velocidade de 1600 vezes por segundo usando uma seqüência semi-aleatória definida pelos dispositivos. Com isso, apresar de ainda existir interferência, ela é reduzida drasticamente permitindo redes Wi-Fi e transmissores Bluetooth operar no mesmo ambiente. 


Fontes:
- Viking Empires;
- Harald Bluettoth - enciclopédia católica;

0 comentários: