Simples Dummy Load caseiro

Olá pessoal, na postagem de hoje vou mostrar um pequeno circuito "Dummy Load", ou "carga fantasma" que montei para testar minhas fontes de bancada e uso para testar fontes de circuitos que estou desenvolvendo.
Imagine que você construiu uma pequena fonte, que funciona perfeitamente, com tensões estáveis, mas quando coloca esta fonte em um circuito ela simplesmente se torna instável e a tensão cai. Uma maneira de não ter este tipo de problema, é podermos testar o comportamento da fonte em ambiente de teste na bancada, usando uma carga equivalente ao circuito que ela vai ser usada.
A carga fantasma nada mais é que um circuito capaz de transformar energia em calor, assim ajustamos o consumo do nosso circuito fantasma para simular o consumo do dispositivo real que desejamos alimentar com essa fonte e assim  descobrir exatamente o limite da fonte, onde os problemas como o ripple começa a ocorrer, a tensão começa a diminuir e que fusível devemos usar.
Segue o esquema do circuito que montei:
Lista de componentes:
C1 – capacitor eletrolítico 25V 830µF (obs: 25V para entrada de até 16V, se quiser testar valores maiores, aumente o valor do capacitor).
C2 – capacitor eletrolítico 6.3V 3300µF
Resistor - 0,3Ω 10W
Um potenciômetro linear (recomendo usar um knob nele) de 1K.
MOSFET IRF1404 com Dissipador grande (e com cooler preferencialmente).
A vantagem de usar uma fonte de 5V específica para o potenciômetro é que pode-se testar fontes com tensões menores que 5V, como 3.3V usadas em alguns circuitos.
Aqui algumas fotos do meu pequeno circuito quando ainda estava montado em placa perfurada, primeiro de frente:
E de lado:
Um resistor bem grande para dissipar bastante energia também, o resistor tem que ter uma resistência baixa, assim você consegue drenar correntes mais altas caso necessário. Pode-se utilizar também dois resistores de 1,1Ω e 5W em paralelo, funciona da mesma forma.
Aqui fazendo um teste e drenando 0,93A a 12V da fonte:
E aqui o extremo drenando 2,09A (também 12V):
Não levei até limite que nesse caso pode chegar a mais de 4A. Agora as fotos dele remontado em uma PCI com um dissipador bem maior:
De lado:
A única alteração é que adicionei um led (e seu resistor) para identificar quando a linha de 5V estiver ligada, o restante permaneceu inalterado.
O que acharam?
Por hoje é isso pessoal, um abraço e até a próxima.